Está aqui

A regulamentação do mercado de trabalho português: um choque tecnológico

Ano de Divulgação 
2015
Resumo 
A recuperação do mercado de trabalho português é ténue. O emprego está 5,2 por cento abaixo do nível anterior à crise; em Espanha apenas 1,3 por cento abaixo; e na Irlanda já excede mesmo em 3,6 por cento. A perda de população, comparável com a da década de 1960, reduziu o potencial produtivo da economia portuguesa. A queda do preço do petróleo e a desvalorização do euro atenuaram o problema, mas não são fatores estruturais de crescimento. É necessário criar uma regulamentação do mercado de trabalho mais próxima da fronteira tecnológica. Uniformizar os contratos de trabalho e introduzir incentivos corretos no seguro de desemprego são dois passos necessários para promover um crescimento sustentado no investimento nas relações laborais.
Link para documento 
Publicado como 
Tags