Está aqui

Recomposição ou Reclassificação da carteira de produtos? Aplicação ao Comércio Internacional da Economia Portuguesa

Autores 
Rúben Branco
Ano de Divulgação 
2012
Resumo 
A investigação empírica usa de forma crescente dados altamente desagregados ao nível do produto no estudo da evolução de exportações, importações e produção doméstica. Contudo, as atualizações frequentes dos sistemas de classificação de produtos dificultam a distinção entre recomposições genuínas e reclassificações espúrias da carteira de produtos comercializados. Neste artigo, apresentamos e discutimos a metodologia de Beveren, Bernard e Vandenbussche (2012) (baseada nos algoritmos desenvolvidos por Pierce e Schott, 2012) para a criação de códigos de produtos consistentes ao longo do tempo para os dados de comércio na UE e aplicamo-lo ao estudo da evolução do comércio internacional português.
Link para documento 
Publicado como 
Tags