Está aqui

Previsões macroeconómicas de curto prazo para os E.U.A. A partir de nowcasts do survey of professional forecasters

Autores 
Inês Maria Gonçalves
Ano de Divulgação 
2013
Resumo 
Este artigo propõe uma estratégia de previsão para um conjunto de variáveis macroeconómicas que utiliza informação de inquéritos a analistas financeiros. Especificamente, assume-se que certas previsões para o estado atual da economia (nowcasts) são muito difíceis de superar no curto prazo, pelo que se obtêm benefícios em incluí-las nas séries temporais das variáveis a prever. Para a economia dos E.U.A., o Survey of Professional Forecasters (SPF) da Reserva Federal de Filadélfia é uma reconhecida fonte de nowcasts, sendo por isso o ponto de partida escolhido para prever sete variáveis macroeconómicas de relevo. Recorrendo a vários modelos, tanto univariados como multivariados, é então possível comparar as previsões que resultam do emprego desta estratégia com as previsões que seriam obtidas caso as séries não incluíssem a informação adicional. Por outro lado, analisa-se também o desempenho dos modelos com nowcasts face às próprias previsões dos analistas que participam no inquérito. Enquanto o SPF se afirma, per se, como altamente fidedigno, os nowcasts parecem contribuir para aumentar a precisão dos modelos usados. Embora sensível à escolha das variáveis, a abordagem proposta neste artigo revela-se bastante promissora e deixa aberto o caminho a um estudo mais aprofundado, visando a aplicação a outras variáveis e/ou economias.
Link para documento 
Publicado como 
Tags