Está aqui

Previsão das exportações com seleção de previsores

Autores 
Francisco Dias
Ano de Divulgação 
2018
Resumo 
Este artigo aplica modelos de fatores para prever as exportações mensais portuguesas, recorrendo a uma base de dados internacional que inclui os principais parceiros comerciais do país. Documentam-se ganhos de previsão assinaláveis até um horizonte de doze meses de distância quando são considerados conjuntamente indicadores qualitativos para estes países e os previsores são pré-selecionados antes da estimação dos fatores. Recorrendo apenas a dados nacionais e sem pré-selecão de previsores resulta em ganhos de previsão superiores para efeitos de nowcasting. Constata-se, assim, que os dados dos principais parceiros de Portugal são mais informativos para prever a h-períodos de distância. Por sua vez, quando os indicadores quantitativos e qualitativos são agrupados, os ganhos de previsão, em geral, não aumentam.
Link para documento