Está aqui

O Rácio de Alavancagem em Basileia III: Uma Discussão

Autores 
Dina Baptista
Ano de Divulgação 
2017
Resumo 
Uma das principais razões para a crise financeira mundial foi o excesso de alavancagem dos balanços dos bancos. De forma a evitar estas situações, o novo acordo de Basileia III define um limite mínimo para o rácio de alavancagem dos bancos, para além do requisito de capital ponderado pelo risco existente. Neste artigo exploramos em detalhe as principais motivações para a introdução do requisito do rácio de alavancagem. Estudamos também como é que o rácio de alavancagem dos bancos e o rácio de capital ponderado pelo risco são complementares entre si e como se movimentam ao longo do ciclo económico. Finalmente, apresentamos como é que os bancos portugueses enfrentaram este novo instrumento regulatório.
Link para documento 
Tags