Está aqui

Efeitos macroeconómicos das alterações da legislação fiscal em Portugal

Ano de Divulgação 
2013
Resumo 
Neste artigo é criada uma medida de choques trimestrais discricionários nos impostos para Portugal que engloba o período de 1996 a 2012 e cuja construção segue a chamada abordagem narrativa. A principal característica desta abordagem consiste no facto de os choques fiscais serem datados e quantificados a partir de uma análise detalhada das medidas de política fiscal, e não por via de estimações econométricas. A evidência aponta para efeitos fortemente negativos e persistentes dos aumentos de impostos, em consequência de alterações na legislação, no PIB e no consumo privado. Estes resultados estão em consonância com estudos para outros países baseados na abordagem narrativa que obtiveram multiplicadores fiscais comparativamente elevados.
Link para documento 
Publicado como 
Tags