Está aqui

Economia numa imagem

Economia numa imagem

Cerca de 70% das empresas portuguesas já voltou ou espera voltar ao nível de atividade pré-pandemia

12.03.2021

Economia numa imagem: Cerca de 70% das empresas portuguesas já voltou ou espera voltar ao nível de atividade pré-pandemia

O agravamento da pandemia COVID-19 no início de 2021 implicou um novo confinamento geral em Portugal, com impacto negativo sobre a economia. De acordo com a última edição do inquérito COVID-IREE, realizado pelo INE e pelo Banco de Portugal, na primeira quinzena de fevereiro, as vendas de 65% das empresas respondentes (ponderadas pelo seu volume de negócios) situavam-se ainda abaixo do nível normal. No entanto, admitindo o controlo da pandemia este ano, 36% das empresas esperam recuperar o nível pré-pandemia, 4% não esperam que tal aconteça e 25% não sabem se recuperarão esse nível. 

A situação é diferenciada entre setores. Os serviços de informação e comunicação, a construção e a indústria, menos afetados pelas medidas de contenção, apresentam uma maior proporção de empresas que já voltaram ao nível normal. Em contraste, nos serviços que envolvem contactos pessoais, a proporção de empresas que não esperam retomar um nível de atividade normal é maior, sinalizando um risco de perda de capacidade produtiva. O alojamento e restauração destaca-se por apresentar a menor percentagem de empresas que já voltou ao normal e a maior proporção de empresas que espera ficar permanentemente abaixo do nível pré-pandemia. Nos transportes e armazenagem, no comércio e no alojamento e restauração sobressai também a percentagem de empresas que não sabem se recuperarão ou não o nível normal, o que poderá refletir a incerteza quanto à evolução da pandemia e efeitos nas práticas e preferências dos agentes económicos.

 

Para mais detalhes consultar o Inquérito Rápido e Excecional às Empresas – COVID-19, Fevereiro de 2021, disponível nos sites do Banco de Portugal e do INE.

 

Preparado por Ana Sequeira e Cristina Manteu. As análises, opiniões e resultados expressos neste espaço são da exclusiva responsabilidade das autoras e não coincidem necessariamente com os do Banco de Portugal ou do Eurosistema.

 

Se desejar receber um e-mail quando for publicado um novo “Economia numa imagem” envie o seu pedido para info@bportugal.pt