Está aqui

Economia numa imagem

Economia numa imagem

O teletrabalho e a presença alternada nas instalações permitiram manter o pessoal a trabalhar durante a pandemia

02.10.2020

Economia numa imagem: O teletrabalho e a presença alternada nas instalações permitiram manter o pessoal a trabalhar durante a pandemia

Num momento em que as medidas de contenção ditaram o distanciamento físico e o confinamento geral da população, as empresas adaptaram-se de modo a continuar em funcionamento. O teletrabalho e a presença alternada nas instalações foram estratégias que lhes permitiram manter o pessoal efetivamente a trabalhar, garantindo simultaneamente as condições de segurança. 

De acordo com os resultados do Inquérito Rápido e Excecional às Empresas, no período entre maio e junho de 2020, 50% das empresas utilizaram o regime de teletrabalho e 45% o regime de presença alternada, na maior parte dos casos em simultâneo. A Informação e comunicação, os Outros serviços e os Transportes e armazenagem foram os setores onde a adoção destas estratégias foi superior. O recurso ao teletrabalho está necessariamente condicionado pela tecnologia de produção subjacente a cada setor, o que permite explicar a menor proporção de empresas com trabalhadores neste regime no Alojamento e restauração, no Comércio e na Construção e atividades imobiliárias. O recurso a estes regimes de trabalho reduziu-se com o alívio gradual das medidas de contenção iniciado em maio. Com efeito, na primeira quinzena de julho, 37% das empresas utilizaram o regime de teletrabalho e 38% a presença alternada.

 

Para mais detalhes consultar Manteu, C., N. Monteiro e A. Sequeira (2020), “O impacto de curto prazo da pandemia de COVID-19 nas empresas portuguesas”, Occasional Paper No 3, Banco de Portugal.

 

Preparado por Cristina Manteu, Nuno Monteiro e Ana Sequeira. As análises, opiniões e resultados expressos neste espaço são da exclusiva responsabilidade dos autores e não coincidem necessariamente com os do Banco de Portugal ou do Eurosistema.

 

Se desejar receber um e-mail quando for publicado um novo “Economia numa imagem” envie o seu pedido para info@bportugal.pt