Está aqui

Economia numa imagem

Economia numa imagem

Mais de metade das empresas portuguesas não recorre a empréstimos bancários

30.08.2019

Economia numa imagem: Mais de metade das empresas portuguesas não recorre a empréstimos bancários

Em Portugal, mais de metade das empresas não tem nenhuma relação bancária. Quando as empresas se financiam junto de bancos têm duas relações bancárias, em média. As empresas mais pequenas recorrem a menos bancos do que as empresas de maior dimensão. As grandes empresas têm em média seis relações bancárias, enquanto as micro empresas, que empregam menos de 10 colaboradores, têm geralmente apenas uma relação bancária.

Também existe evidência de que quando as empresas portuguesas ganham acesso a empréstimos bancários pela primeira vez, geralmente estabelecem apenas uma relação bancária. À medida que o tempo passa e a empresa expande a sua atividade, a probabilidade de estabelecer relações com outros bancos aumenta.

Para mais detalhes ver Diana Bonfim, Qinglei Dai e Francesco Franco (2018), The number of bank relationships and borrowing costs: the role of information asymmetries, Journal of Empirical Finance, 2018, 46, 191-209 (para uma versão anterior deste artigo, ver Diana Bonfim, Qinglei Dai and Francesco Franco (2009), The Number of Bank Relationships, Borrowing Costs and Bank Competition, Banco de Portugal Working Paper 12/2009).

 

Preparado por Diana Bonfim e Sujiao Zhao. As análises, opiniões e resultados expressos neste espaço são da exclusiva responsabilidade dos autores e não coincidem necessariamente com os do Banco de Portugal ou do Eurosistema.

 

Se desejar receber um e-mail quando for publicado um novo “Economia numa imagem” envie o seu pedido para info@bportugal.pt.