Está aqui

Regras de reprodução de notas

A reprodução de notas de euro é proibida. Porém, podem ser admitidas reproduções totais ou parciais das notas, tendo em atenção os fins a que se destinem – didáticos ou outros – e desde que fique absolutamente excluída a possibilidade de confusão com a moeda legítima.

A reprodução de notas de euro para fins públicos (publicidade, conteúdos educativos, etc.) tem de ser autorizada pelo Banco de Portugal. Os pedidos devem ser remetidos, por correio eletrónico, para emissao.tesouraria@bportugal.pt ou, por correio tradicional, para:

 

Banco de Portugal

Complexo do Carregado

Apartado 81

2584-908 Carregado

 

Em todo o caso, a reprodução das notas tem de obedecer às regras definidas pelo Banco Central Europeu, constante da Decisão BCE/2013/10, de 19 de abril de 2013, relativa às denominações, especificações, reprodução, troca e retirada de circulação de notas de euro, publicada no Jornal Oficial da União Europeia em 30 de abril de 2013.