Está aqui

Caraterísticas

As notas são idênticas em toda a área do euro, ao contrário das moedas, que, além de uma face comum, têm uma face nacional.

Existem duas séries de notas de euro:

  • A primeira série (série 1), introduzida em 2002, com sete denominações atualmente em circulação: 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500 euros;
  • A série Europa, cuja introdução foi iniciada em 2013, e que conta, para já, com três denominações em circulação (5,10 e 20 euros). A nota de 50 euros entrará em circulação em abril de 2017. Em datas a anunciar, serão colocadas em circulação mais duas denominações: a de 100 e a de 200 euros. A série Europa, ao contrário da primeira série, não terá a denominação de 500 euros.

Os bancos centrais do Eurosistema desenvolveram uma nova série para tornar as notas de euro ainda mais seguras e mais resistentes, tirando partido dos avanços na tecnologia de produção de notas.

Numa fase inicial, as notas da primeira série circularão a par das notas da série Europa, sendo depois gradualmente retiradas de circulação.

A data em que as notas da primeira série deixarão de ter curso legal será anunciada com bastante antecedência. Contudo, estas notas manterão sempre o seu valor  e poderão ser trocadas, por um período de tempo ilimitado, nos bancos centrais nacionais do Eurosistema.

As notas de euro, independentemente da denominação, apresentam:

  • A designação de moeda “euro” em carateres dos alfabetos latino e grego e, no caso das notas da série Europa, também em cirílico; 
  • As iniciais do Banco Central Europeu (BCE). Decorrente do alargamento da União Europeia, na série Europa, o número de variantes linguísticas passou de cinco para nove nas notas de 5, 10 e 20 euros e para dez nas notas de 50 euros, tendo em atenção a entrada da Croácia na União Europeia em 2013;
  • O símbolo ©, que indica a proteção dos direitos de autor; 
  • A bandeira europeia; 
  • A assinatura do presidente do Banco Central Europeu.

As notas da primeira série (série 1) poderão apresentar a assinatura do atual presidente do BCE, Mario Draghi, ou as de Willem F. Duisenberg ou de Jean-Claude Trichet, anteriores presidentes do BCE.

Para facilitar a sua utilização por cidadãos com deficiência visual:

  • As notas de euro têm dimensões e cores diferentes em função da sua denominação;
  • Os algarismos referentes ao valor das notas são impressos em carateres de grande dimensão;
  • As notas de 200 e 500 euros (primeira série) e as notas da série Europa incluem marcas táteis. Estas marcas foram impressas no bordo inferior das notas de 200 euros, na margem direita das notas de 500 euros e em ambas as margens laterais das notas da série Europa.