Está aqui

Economia numa imagem

Economia numa imagem

No período mais recente o aumento da participação no mercado de trabalho tem sido sustentado pelos estrangeiros

29.11.2019

Economia numa imagem: No período mais recente o aumento da participação no mercado de trabalho tem sido sustentado pelos estrangeiros

 

Não obstante os estrangeiros residentes em Portugal representarem apenas 3,5% da população ativa no terceiro trimestre de 2019, o seu número tem aumentado de forma significativa no período mais recente, em linha com os fluxos migratórios. Pelas suas características – tipicamente mais jovens e mais escolarizados – os estrangeiros apresentam taxas de atividade superiores às dos nacionais.

 

Desde 2015 o envelhecimento da população portuguesa tem dado um contributo negativo para a variação da taxa de atividade. Em contrapartida, observa-se um impacto positivo dos estrangeiros no sentido do rejuvenescimento da população ativa e de uma maior participação no mercado de trabalho. Estas dinâmicas têm permitido sustentar o crescimento da taxa de atividade e da população ativa em Portugal desde meados de 2018. 

 

Para mais detalhes consultar a Caixa 3 “O contributo dos estrangeiros para a evolução da população ativa em Portugal” publicada no Boletim Económico do Banco de Portugal, de outubro de 2019.

Preparado por Ana Catarina Pimenta e Vanda Geraldes da Cunha. As análises, opiniões e resultados expressos neste espaço são da exclusiva responsabilidade das autoras e não coincidem necessariamente com os do Banco de Portugal ou do Eurosistema.

 

Se desejar receber um e-mail quando for publicado um novo “Economia numa imagem” envie o seu pedido para info@bportugal.pt.