Está aqui

Organograma

 
Gabinete do Governador (GAB)
O GAB presta apoio de natureza técnica ao Governador. É o interlocutor do Banco de Portugal para as relações institucionais com o Governo, a Assembleia da República e outras instituições.
Diretora: Marta Abreu
 
Secretariado-Geral e dos Conselhos (SEC)
O SEC integra os serviços que desenvolvem funções de apoio direto ao Conselho de Administração e assegura o funcionamento do Conselho de Administração, do Conselho de Auditoria e do Conselho Consultivo.
Diretor: José Queiró
 
Departamento de Auditoria (DAU)
O DAU tem por missão avaliar e emitir opinião independente e objetiva sobre a eficácia e eficiência dos processos de gestão de risco, controlo interno, gestão e governação interna do Banco.
Diretor: José Cordeiro Gomes
 
Departamento de Averiguação e Ação Sancionatória (DAS)
O DAS tem como missão o desenvolvimento de ações de natureza reativa ou contraordenacional, conducentes ao cumprimento, pelas entidades supervisionadas, das normas ou das determinações a que estão obrigadas e que, por qualquer motivo, não estão a ser observadas ou integralmente satisfeitas, bem como assegurar a supervisão legalmente atribuída ao Banco de Portugal, em matéria de prevenção do branqueamento e do financiamento do terrorismo.
Diretor: João Raposo
 
Departamento de Comunicação e Museu (DCM)
O Departamento de Comunicação e Museu tem como missão principal elaborar e executar o plano estratégico de comunicação e de sustentabilidade do Banco, bem como desenvolver o Museu do Dinheiro, em conjunto com os restantes departamentos.
Diretor: Bruno Proença
 
Departamento de Contabilidade e Controlo (DCC)
O DCC tem por missão essencial definir e gerir o sistema contabilístico-financeiro do Banco e assegurar o controlo interno contabilístico.
Diretor: José Pedro da Silva Ferreira
 
Departamento de Emissão e Tesouraria (DET)
O DET assegura a emissão monetária e a colocação em circulação da moeda legal necessária à economia nacional, no âmbito do Sistema Europeu de Bancos Centrais. Também desempenha, por delegação, outras funções do Banco de Portugal através da Filial no Porto, das agências no Continente, das delegações regionais da Madeira e dos Açores e da Unidade de Informações e Tesouraria da Sede.
Diretor: Pedro Sousa Marques
 
Departamento de Estabilidade Financeira (DES)
O DES tem por missão desenvolver as atribuições e competências previstas na Lei Orgânica do Banco de Portugal, Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras (RGICSF) e demais legislação, no que se refere ao exercício das funções relacionadas com a estabilidade financeira, política macroprudencial e regulatória.
Diretora: Ana Cristina Leal
 
Departamento de Estatística (DDE)
O DDE tem por missão essencial a elaboração e divulgação das Estatísticas Monetárias e Financeiras, das Estatísticas da Balança de Pagamentos, das Contas Nacionais Financeiras e a gestão das Centrais de Balanços e de Responsabilidades de Crédito.
Diretor: António Marques Garcia
 
Departamento de Estudos Económicos (DEE)
O DEE tem por missão essencial o aconselhamento sobre política monetária no contexto do Eurosistema e a elaboração de análises e estudos económicos sobre temas relevantes da economia portuguesa e da área do euro.
Diretora: Isabel Horta Correia
 
Departamento de Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos (DRH)
O DRH tem por missão perspetivar e garantir a adequação e desenvolvimento dos recursos humanos necessários ao funcionamento do Banco. Gere ainda as estruturas orgânicas e os postos de trabalho, visando uma ação integrada nos processos de desenvolvimento organizacional.
Diretor: Pedro Raposo
 
Departamento de Gestão de Risco (DGR)
O Departamento de Gestão de Risco (DGR) tem por missão a identificação, avaliação e controlo, de uma forma global e integrada, dos riscos associados à atividade do Banco de Portugal, por forma a assegurar que os mesmos se mantêm em níveis consistentes com o perfil e grau de tolerância ao risco definido pelo Conselho de Administração do Banco.
Diretor: Gabriel Andrade
 
Departamento de Mercados e Gestão de Reservas (DMR)
O DMR tem como missão principal a execução, a análise, o controlo e o processamento das operações de política monetária e cambial única e de gestão de reservas, bem como a participação do Banco de Portugal nos correspondentes órgãos de coordenação técnica do Sistema Europeu de Bancos Centrais (SEBC).
Diretora: Helena Adegas
 
Departamento de Sistemas e Tecnologias de Informação (DSI)
O DSI tem como missão prestar serviços ao Banco em matéria de Informação, numa perspetiva tecnológica, prosseguindo esforços para garantir a sua qualidade, disponibilidade e coerência.
Diretor: António Jacinto Marques
 
Departamento de Relações Internacionais (DRI)
O DRI tem como missão coordenar e apoiar tecnicamente as atividades a desenvolver no âmbito das relações internacionais do Banco, em articulação com os outros Departamentos nas suas áreas específicas de atuação, particularmente no que respeita às relações com Organismos Internacionais e outros Bancos Centrais e à cooperação, assistência técnica e relações financeiras com os países em desenvolvimento.
Diretora: Sílvia Luz
 
Departamento de Resolução (DRE)
O Departamento de Resolução (DRE) tem por missão o exercício das atribuições do Banco de Portugal como autoridade nacional de resolução, integrada no Mecanismo Único de Resolução, e assegurar o funcionamento do Fundo de Resolução e do Fundo de Garantia de Depósitos.
Diretor: João Filipe Freitas
 
Departamento de Serviços de Apoio (DSA)
O DSA gere um conjunto de atividades de apoio, de carácter técnico e administrativo, de modo a assegurar ao Banco a afetação racional dos meios necessários ao seu funcionamento.
Diretor: Diogo Macedo
 
Departamento de Serviços Jurídicos (DJU)
O DJU presta serviços jurídicos em todas as matérias de relevância jurídica suscitadas no Banco de Portugal.
Diretor: Pedro Machado
 
Departamento de Sistemas de Pagamentos (DPG)
O DPG tem por missão essencial assegurar a intervenção do Banco de Portugal nos sistemas de pagamento e liquidação interbancária e de títulos, aos níveis nacional e internacional, e exercer as funções atribuídas por lei ao Banco de Portugal relativas à utilização do cheque.
Diretor: Jorge Manuel Egrejas Francisco
 
Departamento de Supervisão Comportamental (DSC)
O DSC tem por missão a regulação e fiscalização da conduta das instituições financeiras sujeitas à supervisão do Banco de Portugal no âmbito das relações com os seus clientes, aquando da divulgação e comercialização dos produtos e serviços bancários a retalho, e o desenvolvimento de iniciativas de informação e formação dos clientes bancários.
Diretora: Maria Lúcia Leitão
 
Departamento de Supervisão Prudencial (DSP)
O DSP tem por missão desenvolver as atribuições e competências previstas na Lei Orgânica do Banco de Portugal, no enquadramento regulatório do Mecanismo Único de Supervisão (MUS), no Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras (RGICSF) e demais legislação, no que se refere à supervisão microprudencial, em base individual e consolidada, das instituições de crédito, sociedades financeiras e outras entidades tipificadas na lei.
Diretor: Luís Costa Ferreira

 

Tags