Está aqui

Notas tintadas

Notas tintadas por sistemas inteligentes de neutralização de notas

Os sistemas inteligentes de neutralização de notas (em inglês, Intelligent Banknote Neutralisation Systems – IBNS) destinam-se a proteger o transporte e a distribuição de notas. Em caso de tentativa de roubo ou furto, o sistema é ativado e as notas são inutilizadas ou neutralizadas. 

Existem no mercado diferentes tecnologias de neutralização. A mais comum é a que liberta tinta sobre as notas e origina as vulgarmente designadas “notas tintadas”. 

A utilização dos sistemas inteligentes de neutralização de notas é uma medida preventiva, concebida para assegurar que os criminosos não tiram proveito do crime praticado sobre o caixa automático (ATM) ou a mala de transporte de valores. Reduz-se, assim, o risco de retalhistas, bancos e outros profissionais que operam com numerário se tornarem vítimas de ações criminosas.

Como reconhecer uma nota tintada por sistema IBNS

Quando a nota é tintada por IBNS, a tinta de segurança utilizada pelo sistema é absorvida pelo papel da nota, sendo, em geral, a sua presença mais acentuada nos extremos da nota. Normalmente, a tinta flui dos extremos para o centro da nota com a produção de um padrão caraterístico.

As cores mais comuns das tintas de segurança utilizadas em IBNS são violeta, verde, azul, vermelho e preto. 

Por vezes, os criminosos tentam lavar as notas tintadas, o que pode originar variações na cor original da tinta de segurança devido à interação química entre esta e os reagentes usados na lavagem. Este procedimento poderá também alterar as cores originais da nota e danificar ou eliminar alguns elementos de segurança. 

De seguida são apresentadas fotografias com exemplos de notas tintadas por IBNS, algumas das quais foram objeto de lavagem. 

IBNS que inutilizam notas por colagem

Para que as notas roubadas não possam ser utilizadas, existem sistemas inteligentes de neutralização que usam cola para unir as notas em bloco, de forma permanente e irreversível.

A remoção de uma nota do conjunto não é possível sem que a nota se rasgue em pequenos fragmentos.

Legislação

A Decisão do BCE de 19 de abril de 2013 relativa às denominações, especificações, reprodução, troca e retirada de circulação de notas de euro, dispõe no número 2 do artigo 3º que as notas danificadas por sistemas inteligentes de neutralização (IBNS) só serão trocadas a vítimas da atividade criminosa que tenha conduzido à danificação das notas. Nos termos desta Decisão, sempre que um banco central nacional tenha conhecimento ou suspeita fundada de que as notas foram intencionalmente danificadas, deve recusar a sua substituição e retê-las de modo a impedir que voltem à circulação ou que o requerente as volte a apresentar para troca noutro banco central.

Em Portugal, a instalação de novos sistemas de neutralização e a introdução de alterações aos sistemas em utilização têm de ser precedidas da realização de testes pelo Banco de Portugal. Estes testes incidem sobre o modo de funcionamento e os resultados da atuação dos sistemas.

A utilização dos IBNS foi regulamentada pela Instrução n.º 1/2011, do Banco de Portugal, com as alterações introduzidas pela Instrução n.º 37/2012, e pela Carta Circular n.º 1/2011/DET.

Perguntas e respostas sobre IBNS

 
O que é um sistema inteligente de neutralização de notas (Intelligent Banknote Neutralisation System – IBNS)? 

Os sistemas inteligentes de neutralização de notas (IBNS - Intelligent Banknote Neutralisation Systems) são mecanismos de segurança instalados em caixas automáticos (ATM) ou em malas de transporte de dinheiro, que marcam ou destroem parcialmente notas na sequência de tentativa de roubo ou furto. 

O objetivo do IBNS é retirar valor ao objeto do roubo, dificultando ou mesmo impedindo a utilização das notas como meio de pagamento, e também aumentar a probabilidade de captura do criminoso. 

Estes sistemas podem inutilizar as notas por tintagem ou por outros métodos alternativos, como é o caso da colagem.

Numa tentativa de furto a um ATM ou a uma mala de transporte de dinheiro protegido por um sistema de neutralização com tinta de segurança, as notas são extensiva e permanentemente tintadas. 

Numa tentativa de furto a um ATM ou a uma mala de transporte de dinheiro protegido por um sistema de neutralização com cola, as notas são coladas em bloco de forma permanente e irreversível. Se houver a tentativa de remoção de uma nota, esta rasgar-se-á em pequenos pedaços.

 
O que devo fazer se alguém me der uma nota de euro tintada ou descolorada?

Uma nota tintada é muito provavelmente uma nota roubada.  Não aceite essa nota e peça outra em substituição. 

As manchas de tinta na nota podem resultar da atuação de sistemas inteligentes de neutralização de notas. Os sistemas inteligentes de neutralização de notas são mecanismos de segurança instalados em caixas automáticos (ATM) ou em malas de transporte de dinheiro, que marcam ou destroem parcialmente notas na sequência de tentativa de roubo ou furto. 

Por vezes, os criminosos tentam remover as manchas da tinta de segurança por lavagem ou com recurso a produtos descolorantes. Por esta razão, deverá igualmente recusar notas com aspeto descolorado.

 
Qual é o risco de aceitar uma nota tintada?

Uma nota tintada por um sistema inteligente de neutralização de notas é muito provavelmente uma nota roubada. Por isso, não deve aceitar notas tintadas. 

Caso tente trocar a nota tintada por um sistema inteligente de neutralização de notas numa agência do Banco de Portugal ou de outro banco central nacional do Eurosistema, a nota será retida contra o preenchimento de um formulário e as autoridades competentes (forças policiais) serão envolvidas na investigação. 

Em princípio uma nota tintada por um sistema inteligente de neutralização de notas não é trocada.

As notas danificadas por IBNS são apenas trocadas ao seu proprietário original, vítima do crime, ou por um agente seu designado.

A troca de notas danificadas, incluindo as notas danificadas por sistemas inteligentes de neutralização de notas, obedece às regras previstas na Decisão do Banco Central Europeu de 19 de abril de 2013

 
O que devo fazer caso tenha em minha posse uma nota tintada por um sistema inteligente de neutralização de notas?

Caso tenha uma nota tintada por um sistema inteligente de neutralização de notas, deve entregá-la no balcão de uma instituição de crédito ou do Banco de Portugal ou de outro banco central do Eurosistema e providenciar informação sobre a origem dessa nota. 

Qualquer instituição de crédito que receba uma nota desta natureza encaminhá-la-á para o respetivo banco central nacional (em Portugal, o Banco de Portugal). Caso se justifique, as autoridades competentes (policiais) serão envolvidas para subsequente investigação criminal.

 
O que devo fazer caso alguém me dê uma nota incompleta ou um conjunto de notas coladas?

Este tipo de dano nas notas pode também ser resultante da ativação de um sistema inteligente de neutralização de notas na sequência da tentativa de roubo ou de furto de um caixa automático (ATM) ou de uma mala de transporte de dinheiro. 

Peça outra(s) nota(s) em substituição que não esteja(m) danificada(s).