Está aqui

Como detetar uma contrafação

As moedas de euro integram elementos de segurança altamente sofisticados, que tornam o euro numa das moedas mais seguras do mundo.

Ainda que a estabilidade do euro o torne particularmente interessante para os contrafatores, o número de moedas contrafeitas detetadas representa uma proporção ínfima das moedas em circulação. 

No entanto, uma moeda contrafeita não pode ser trocada por uma moeda genuína: quem aceitar uma moeda contrafeita como se de uma moeda autêntica se tratasse não poderá recuperar o seu valor. Por esta razão, é importante saber reconhecer a autenticidade das moedas no momento em que são recebidas. 

Se suspeitar da genuinidade de uma moeda de euro, confira os vários elementos de segurança (não se baseie apenas num deles) e, em caso de dúvida, compare-a com uma moeda que saiba ser verdadeira, procurando diferenças e nunca semelhanças.

Se mesmo assim, ainda tiver dúvidas sobre a sua genuinidade, apresente a moeda suspeita numa das tesourarias do Banco de Portugal ou num balcão de uma instituição de crédito, onde lhe serão prestados todos os esclarecimentos.

Se receber uma moeda que suspeite ser falsa ou contrafeita:

  1. Retenha todos os dados relativos à pessoa que lhe entregou a moeda falsa/contrafeita ou suspeita de ser falsa/contrafeita, bem como as circunstâncias em que essa transmissão ocorreu.
  2. Dirija-se a qualquer força policial, ao Banco de Portugal ou a qualquer instituição de crédito e relate as circunstâncias em que a moeda falsa/contrafeita ou suspeita de o ser lhe foi entregue.

Em nenhum caso deve tentar passar a terceiros uma moeda que saiba ser contrafeita, pois esse ato configura crime punido por Lei (Código Penal, artigo 265.º e seguintes).

 

Confira os elementos de segurança 

Os elementos de segurança das moedas podem ser verificados facilmente. Basta tocar, observar a moeda e verificar as suas propriedades magnéticas (metodologia Tocar-Observar-Verificar). 

Tocar 

Ao toque, o relevo do desenho deverá contrastar fortemente com o resto da superfície da moeda.

Nas moedas de euro é possível verificar os motivos em relevo nas seguintes áreas:

Observar

Bordo: Cada uma das denominações apresenta um bordo com dimensão, espessura e formato específicos.

O serrilhado no bordo das moedas é saliente, bem definido e uniforme. Deve analisá-lo com a ajuda de uma lupa.

Inscrições no bordo: Com uma lupa, é possível verificar as inscrições presentes no bordo das moedas de 2 euros. O serrilhado presente no bordo deverá ser saliente, bem definido e uniforme.

As inscrições são carateres e/ou símbolos gravados no bordo das moedas, que variam consoante o Estado-Membro emissor.

Alinhamento do bordo: Se alinhar duas ou mais moedas de 2 euros com a mesma face nacional a inscrição presente no bordo também deverá estar alinhada.

Situação idêntica pode ser verificada nas moedas de 1 euro. Se alinhar duas ou mais moedas de 1 euro, independentemente da sua face nacional, os espaços serrilhados e os espaços lisos devem estar alinhados.

Micro dots: À lupa, a superfície do mapa das moedas de 1 e 2 euros deverá exibir um ligeiro picotado em toda a sua superfície. Os micro dots também estão presentes no primeiro desenho da face comum.

Verificar

Propriedades magnéticas: verifique, com o auxílio de um íman, as propriedades magnéticas de cada moeda:

Moedas de 1 e 2 euros: São ligeiramente magnéticas apenas no núcleo. O anel exterior não deve manifestar qualquer propriedade magnética.

Moedas de 10, 20 e 50 cêntimos: Não têm propriedades magnéticas.

Moedas de 1, 2 e 5 cêntimos: São fortemente magnéticas.