Está aqui

Vice-Governadora representou o Banco de Portugal na assinatura do acordo de formação financeira com a região do Alto Tâmega

A Vice-Governadora do Banco de Portugal, Elisa Ferreira, participou hoje, enquanto membro do Conselho Nacional de Supervisores Financeiros (CNSF), na cerimónia de assinatura do acordo de cooperação para a promoção da formação financeira na região do Alto Tâmega.

A cerimónia decorreu nas instalações da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e contou com a participação do seu presidente, Fernando Freire de Sousa, de representantes dos três supervisores membros do CNSF – Banco de Portugal, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF) – e de representantes das Câmaras Municipais que integram a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Tâmega: Boticas, Chaves, Montalegre, Ribeira de Pena, Valpaços e Vila Pouca de Aguiar.

O acordo enquadra-se no Protocolo celebrado em 2017 entre o CNSF e a CCDR-N, no âmbito do Plano Nacional de Formação Financeira (PNFF), e visa promover a formação financeira da população da região Norte através das autarquias locais, parceiros fundamentais para assegurar a capilaridade territorial das ações a desenvolver e identificar as mensagens e os canais mais adequados para chegar às populações. 

O Protocolo entre o CNSF e a CCDR-N contempla a implementação da formação financeira de forma gradual. Em 2017, foi celebrado um Acordo de Cooperação similar com as autarquias do Tâmega e Sousa, que têm vindo a desenvolver ações de formação com o apoio do PNFF. Nos próximos anos, o Plano pretende dar continuidade e alargar a promoção da formação financeira às restantes Comunidades Intermunicipais da região Norte e à Área Metropolitana do Porto.

Lançado em 2011 pelo Conselho Nacional de Supervisores Financeiros, o Plano Nacional de Formação Financeira visa contribuir para elevar o nível de conhecimentos financeiros da população e promover a adoção de comportamentos financeiros adequados.