Está aqui

Pessoas não habilitadas a receber depósitos ou outros fundos reembolsáveis: Evo Binary

  1. O Banco de Portugal adverte que as sociedades Evo Binary Europa Unipessoal, Lda. (com sede em Portugal) e Evo Binary International DWC-LLC (com sede no Dubai), atuando em seu próprio nome ou em nome de entidades terceiras, não se encontram habilitadas para exercer, em Portugal, a atividade de receção de depósitos ou outros fundos reembolsáveis (ou qualquer outra atividade financeira sujeita à supervisão do Banco de Portugal).
  2. Mais se adverte que nenhuma sociedade detida ou gerida pelas pessoas abaixo indicadas está habilitada a desenvolver atividade financeira reservada às instituições sujeitas à supervisão do Banco de Portugal:
    a) Ramon Alcântara dos Santos;
    b) Alexandre António Rodrigues; e
    c) Wenderson Rodrigues Malheiros.
  3. A atividade de receção de depósitos ou outros fundos reembolsáveis, prevista na alínea a) do n.º 1 do artigo 4º do Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras (aprovado pelo Decreto-Lei n.º 298/92, de 31 de dezembro), está reservada às entidades habilitadas a exercê-la, conforme o disposto no artigo 10.º daquele diploma, cuja lista pode ser consultada no sítio do Banco de Portugal na Internet.