Mensagem de erro

Está aqui

Nota de Informação Estatística - Contas nacionais financeiras - 1.º trimestre de 2019

O Banco de Portugal publica hoje, no quadro A.6 do Boletim Estatístico e no BPstat, as contas nacionais financeiras relativas ao primeiro trimestre de 2019.

A economia portuguesa apresentou, para o  ano acabado no primeiro trimestre de 2019, uma necessidade de financiamento de 0,1 por cento do PIB (Gráfico 1), valor que vem interromper a sucessão de saldos positivos registados desde o final de 2012.

Este resultado reflete a necessidade de financiamento das sociedades não financeiras e das administrações públicas (respetivamente de 2,4 e 0,1 por cento do PIB), a qual excedeu a poupança financeira das sociedades financeiras e dos particulares (1,9 e 0,4 por cento do PIB, respetivamente).

Os ativos financeiros líquidos das administrações públicas e das sociedades não financeiras, apresentaram um aumento homólogo de, respetivamente, 4,4 e 3,3 pontos percentuais (pp) do PIB, refletindo as variações nos preços dos ativos financeiros e o efeito positivo no rácio da variação do PIB.

As sociedades financeiras e os particulares registaram uma diminuição dos seus ativos financeiros líquidos de, respetivamente, 1,8 e 0,9 pp do PIB. No caso das sociedades financeiras esta redução é, principalmente, determinada pela valorização dos seus passivos. O decréscimo dos ativos financeiros líquidos dos particulares reflete o impacto no rácio do aumento do PIB.

No final do primeiro trimestre de 2019, a economia portuguesa apresentava uma posição financeira líquida face ao resto do mundo de -100,8 por cento do PIB (Gráfico 2), que compara com -105,8 por cento do PIB no final do primeiro trimestre de 2018.

Próxima atualização: 10 out. 2019


Notas

(1) Valores em percentagem do PIB do ano acabado no trimestre.

(2) Valores acumulados dos quatro últimos trimestres.

(3) Posições em fim de período.