Está aqui

Diretora da Supervisão Comportamental do Banco de Portugal eleita presidente da FinCoNet

A Diretora do Departamento de Supervisão Comportamental do Banco de Portugal, Maria Lúcia Leitão, foi eleita Presidente da Organização Internacional para a Proteção do Consumidor Financeiro - FinCoNet, que reúne autoridades de supervisão responsáveis pela conduta na comercialização de produtos e serviços bancários de retalho de países dos cinco continentes do globo.

A eleição, para um mandato de três anos, foi aprovada por unanimidade pelos 27 membros da FinCoNet, na última assembleia geral da organização, que decorreu a 13 e 14 de novembro, na sede do Banco de Itália, em Roma. 

A candidatura da Diretora do Departamento de Supervisão à FinCoNet contou, desde a primeira hora, com o apoio da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), um dos seis membros observadores desta entidade, grupo que integra ainda o Banco Mundial, a Comissão Europeia, a Consumers International, a International Association of Insurance Supervisors e o Consultative Group to Assist the Poor.

Na assembleia-geral, foi também eleito o novo Vice-Presidente da FinCoNet, cargo que passou a ser ocupado por Chris Green da Australian Securities and Investments Commission, a autoridade de supervisão da Austrália.

“É um enorme privilégio ter sido eleita para liderar esta organização seis anos depois da sua constituição formal, em Lisboa. A FinCoNet é uma plataforma de partilha de informação, experiências e melhores práticas que permite melhorar os padrões de supervisão comportamental a nível mundial (…). Podem contar comigo para continuar a promover a agenda da FinCoNet”, afirmou Maria Lúcia Leitão, na assembleia geral da organização.

Esta não é a primeira vez que a Diretora da Supervisão Comportamental do Banco de Portugal assume funções na equipa dirigente da FinCoNet. Em 2016, Maria Lúcia Leitão foi eleita Vice-Presidente da organização, cargo que desempenhou ao longo dos últimos três anos, período em que a presidência foi ocupada pela representante do supervisor do Canadá.

 

Sobre a FinCoNet

A FinCoNet é uma organização internacional de autoridades de supervisão responsáveis pela conduta em mercado na comercialização de produtos bancários de retalho.

O principal objetivo desta organização é melhorar a proteção dos clientes de produtos bancários, com ênfase para os produtos de crédito e os serviços de pagamento.

O Banco de Portugal, enquanto autoridade de supervisão comportamental bancária, é membro fundador da FinCoNet e integra o Conselho Diretivo da organização (Governing Council).