Javascript is not enabled
Historical Archive
PT | EN

Operações de Crédito

Available actions

Reader available actions

 

Operações de Crédito

Description details

Description level

Subfond   Subfond

Reference code

PT/BP/BP-OCRE

Production dates

1948-04-12  to  1996-03-13 

Dimension and support

1 Caixa ; 11 Centímetros

Producer

DOC - Departamento de Operações de Crédito

Biography or history

As operações de crédito desde 1934/1935 encontravam-se associadas à antiga Direção de Operações de Crédito, que se encontrava integrada na Repartição de Operações, a qual, por sua vez, abarcava várias divisões da sua responsabilidade: a Divisão de Letras Descontadas, a Divisão de Transferências, a Divisão de Operações Cambiais, a Divisão de Informações e Responsabilidades, a Divisão de Carteiras, a Divisão de Valores à Cobrança e a Divisão de Expediente Diverso. Por decisão do Conselho de Administração de 18 de Novembro de 1960, iniciou-se uma profunda reestruturação na repartição, assistindo-se, por um lado, ao desdobramento de divisões, por outro, à alteração das designações anteriormente usadas.

Em 1970, temos o corpo do Departamento de Operações de Crédito, que aglutinou na sua dependência a Divisão de Operações Diversa (até 1977), a Divisão de Valores à Cobrança (até à sua extinção, em 1975), a Divisão de Operações de Desconto, a Divisão de Responsabilidades, a Divisão de Informações e a Divisão de Carteiras (até à sua extinção).

Em 16 de Setembro de 1975, o Conselho de Administração cria, na área de Descontos e Transferências, a Direção de Serviços de Operações de Crédito (DSOC). Esta direção de serviços foi inicialmente constituída pela Direção, pela Unidade de Processamento, pela Divisão de Responsabilidades, pela Divisão de Informações e pelo Serviço de Operações de Refinanciamento, que era composto pela Divisão de Operações Correntes, pela Divisão de Operações Especiais, pela Divisão de Desconto Direto e pela Divisão de Valores, que tinha a seu cargo a Secção de Carteiras e a Secção de Valores. Em 1976, foi extinta a Divisão de Desconto Direto e em 1977, a Divisão de Carteiras e a Divisão de Valores passaram para a alçada da Direção de Serviços de Emissão e Tesouraria (DSET). Em contrapartida, em 11 de Novembro de 1976, o Conselho de Administração criou o Serviço de Análise do Crédito, tendo a direção de serviços ficado constituída da seguinte forma: Direção, Secretariado, Gabinete Técnico, Divisão de Responsabilidades, Divisão de Informações, Divisão de Responsabilidades, Serviço de Análise do Crédito e Serviço de Operações de Refinanciamento, que englobava a Divisão de Operações Correntes, a Divisão de Operações Especiais e a Divisão de Carteiras.

Por decisão do Conselho, em 01 de Junho de 1977 a Direção de Serviços sofreu uma profunda reestruturação, tendo ficado constituída pelos serviços de Direção, Secretariado, Centro de Documentação, Gabinete Técnico, Comissão de Refinanciamento e duas sub-direções: a de Política de Crédito, que incluía o Serviço de Estudos de Crédito e o Serviço de Análise Financeira (posteriormente denominado Serviço de Análise do Crédito) e a sub-direção de Operações de Refinanciamento, que tinha na sua dependência o Gabinete de Análise do Crédito, o Serviço de Operações de Refinanciamento, com a Divisão de Operações Correntes, a Divisão de Operações Especiais e a Divisão de Carteiras, e o Serviço de Centralização de Informações e de Riscos de Crédito, com a Divisão de Informações e a Divisão de Riscos de Crédito. Em 12 de Outubro deste mesmo ano, o Serviço de Operações de Refinanciamento foi reestruturado tendo sido extintas as Divisões de Operações Correntes e a Divisão de Operações Especiais. Em seu lugar, são criadas as Divisões de Operações de Refinanciamento e de Processamento e Controlo de Refinanciamento, com secções nas suas dependências.

Em 16 de Agosto de 1979, novas secções são criadas como forma de dar resposta às novas exigências e responsabilidades do Banco.

Em 13 de Fevereiro de 1980, com a extinção da Divisão de Carteiras, foi criada em sua substituição a Divisão de Outras Operações de Refinanciamento, tendo a estrutura da Direção de Serviços de Operações de Crédito sofrido nova reestruturação ficando constituída pela Direção, Gabinete técnico, Comissão de Refinanciamento, Secretariado, Gabinete de Análise do Crédito, Centro de Documentação, Serviço de Estudos de Crédito, Serviço de Análise Financeira, Serviço de Operações de Refinanciamento, que tinha na sua dependência a Secção de Expediente e Arquivo, a Divisão de Operações de Redesconto, com a Secção de Receção e Conferência e a Secção de Comprovantes, a Divisão de Processamento e Controlo de Refinanciamento, com as Secções de Processamento e Controlo, a Divisão de Outras Operações de Refinanciamento e o Serviço de Centralização de Informações e de Riscos do Crédito, de quem dependiam as divisões de Informações e de Riscos do Crédito.

Em 09 de Novembro de 1982 foi extinta a DSOC e criado o Departamento de Operações de Crédito (DOC), pela NAP 8/83. Segundo este normativo, o Departamento ficou constituído pela Direção, Gabinete Técnico, Gabinete de Análise de Crédito, Comissão de Refinanciamento, pela Secção de Secretaria, pela Divisão de Apoio aos Gabinetes Técnicos, com a Secção de Apoio Administrativo e Documentação, Secção de Estatísticas de Crédito e a Secção de Processos Individuais de Empresas, o Serviço de Operações de Refinanciamento, com a Secção de Expediente e Arquivo, a Divisão de Operações de Redesconto, com a Secção de Receção e Conferência e a Secção de Comprovantes, a Divisão de Processamento e Controlo do Refinanciamento, com as secções de Processamento e a de Controlo, a Divisão de Outras Operações de Refinanciamento, com a Secção de Apoio ao Fundo de Compensação, e o Serviço de Centralização e Informação de Riscos de Crédito, com a Secção de Informações e a Secção de Riscos de Crédito.

Em Julho de 1985 o DOC sofreu uma readaptação de serviços e, em 01 de Junho de 1988, o Departamento teve uma nova estrutura orgânica que perdurou até 30 de Agosto de 1990, quando o Conselho de Administração aprova uma nova estrutura, tendo por base uma nova filosofia. Com esta alteração, o DOC passou a denominar-se Departamento de Operações de Crédito e Mercados. O novo departamento ficou constituído pela Direção, pelo Gabinete de Apoio, pelo Serviço de Informação, Expediente e Documentação e por três áreas distintas: a Área de Mercados Interbancários e de Capitais, que contemplava o Núcleo de Mercados Interbancários, o Núcleo de Mercado de Capitais e o Serviço de Operações de Mercados, que comportava o Serviço de Mercados Interbancários e a Secção de Estatísticas; a Área de Crédito, que tinha a seu cargo o Núcleo de Análise de Crédito e o Serviço de Refinanciamento e Empréstimos de Conta Alheia, com a Secção de Operações de Refinanciamento e a Secção de Processamento e Controlo; e a Área de Centralização de Balanços, Riscos e Informações, que tinha a seu cargo o Núcleo de Análise de Balanços, o Núcleo de Estudos Sectoriais e o Serviço de Centralização de Balanços, Riscos e Incidentes de Crédito, com a Secção de Processo Individual de Empresas e a Secção de Informações e Riscos de Crédito.

Com a especialização dos diversos serviços, e a consequente extinção do Departamento, novos departamentos, foram criados no seu lugar: o Departamento de Mercados e Reserva (DMR) e o Departamento de Sistemas de Pagamentos (DPG), com a Central de Responsabilidades de Crédito.

Arrangement

Temático e cronológico

Language of the material

Português

Alternative form available

Nenhuma

Notes

Documentação parcialmente tratada.