Arquivo Histórico
PT | EN

Delegações

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Delegações

Detalhes do registo

Nível de descrição

Subfundo   Subfundo

Código de referência

PT/BP/BP-DEL

Título

Delegações

Datas de produção

1847-07-31  a  1992-12-31 

Dimensão e suporte

Livros e Caixas ; Centímetros ; Papel

História administrativa/biográfica/familiar

Pelo contrato de 10 de dezembro de 1887, celebrado com o Estado, o Banco obrigava-se a abrir caixas filiais ou agências, nas capitais de distrito no país, apesar de já se encontrarem em funcionamento agências, em Faro e no Funchal desde 1875, e em Ponta Delgada em 1876, cuja gestão era de responsabilidade de conceituadas firmas da região, mediante uma comissão. Existiam, no entanto, agentes do Banco em diversas localidades, que mais não eram que as antigas correspondências, abertas pela Companhia Confiança Nacional, entretanto incorporada no Banco.Foi concedido ao Banco, um prazo de quatro anos, posteriormente prorrogado, para o estabelecimento definitivo das Agências.As novas funções que o Banco virá a assumir, espelharam-se na reorganização interna dos serviços. Em 1888 criaram-se 5 grandes Repartições que se desdobravam em Divisões e em Secções – a Contabilidade, o Expediente, a Tesouraria, a Estamparia e o Contencioso.A 2ª secção, subordinada à 2ª Divisão dentro do Expediente, correspondia às Caixas Filiais, agências e correspondentes nacionais. Tinha como principais funções: a inspeção ao funcionamento do serviço das agências, a emanação de instruções para as agências e correspondentes e a recolha de informações sobre a praça e particulares. Em 1915, a administração do Banco decidiu criar a Repartição de Fiscalização das Delegações Nacionais, mais tarde designada por Repartição de Fiscalização das Delegações do País. Em fevereiro de 1960, reorganizou-se esta Repartição passando a designá-la Inspeção das Delegações. Em 1977, a sua designação passou a Serviço das Delegações e nesse ano, a função de inspeção passou para uma nova Direção de Serviços: a de Auditoria. Em 1990 a administração do Banco decidiu aprovar a fusão do Departamento de Emissão e Tesouraria com o Departamento das Delegações, dando lugar ao Departamento de Emissão e Tesouraria e Delegações (DED).

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Incorporação

Existência e localização de cópias

Parcial

Unidades de descrição relacionadas

PT/BP/BP-CG/014 - Balanços e Desenvolvimentos. Sede e Delegações; PT/BP/CL-BAM - Liquidação do Banco de Angola e Metrópole; PT/BP/RU/001 - Correspondência recebida da Filial e Agências do Banco de Portugal