Endividamento do setor não financeiro

 

Caracterização sumária da informação estatística

 

Descrição

O endividamento do setor não financeiro compreende as posições em final de período das sociedades não financeiras, administrações públicas e particulares (incluindo estes últimos as famílias, os empresários em nome individual e as instituições sem fins lucrativos ao serviço das famílias), referentes a passivos sob a forma de empréstimos, títulos de dívida (valor nominal) e créditos comerciais. No caso da administração central incluem-se ainda os certificados de aforro, certificados do Tesouro e outras responsabilidades do Tesouro.

 

A informação é disponibilizada com detalhe de setor devedor, setor financiador, instrumento financeiro e, no caso das empresas, por ramo de atividade económica e classes de dimensão.

Informação disponível

Informação trimestral de dezembro de 2007 a junho de 2011.

Informação mensal desde junho de 2011.

As séries apresentadas em percentagem do PIB ou do rendimento disponível têm periodicidade trimestral.

Enquadramento legal e institucional

 

Enquadramento legal de suporte à produção e disseminação das estatísticas

Nos termos do Artigo 13º da Lei Orgânica do Banco de Portugal, aprovada pela Lei n.º 5/98, de 31 de janeiro, com as alterações introduzidas pelos Decretos-Leis n.ºs 118/2001, de 17 de abril, 50/2004, de 10 de março e 39/2007, de 20 de fevereiro, compete ao Banco de Portugal assegurar a recolha e elaboração das estatísticas monetárias, financeiras, cambiais e da balança de pagamentos, designadamente no âmbito da sua colaboração com o Banco Central Europeu (BCE).

 

As estatísticas do endividamento do setor não financeiro seguem o enquadramento metodológico do Sistema Europeu de Contas Nacionais e Regionais (SEC2010).

Integridade

 

Acessos privilegiados à informação antes da sua divulgação pública

Nenhuma entidade externa ao Banco de Portugal tem acesso à informação estatística antes da sua divulgação pública.

Fornecimento aos utilizadores de informação sobre revisões e alterações metodológicas

O Banco de Portugal publica, sempre que considerado relevante, notas informativas no Boletim Estatístico e no seu sítio na internet quando ocorrem revisões à informação estatística, quer por alteração da informação de base, quer na sequência de alterações metodológicas.

Aspectos metodológicos

 

Âmbito, conceitos e definições

O endividamento do setor não financeiro apresentado inclui empréstimos, títulos de dívida e créditos comerciais. No caso das administrações públicas, inclui ainda os certificados de aforro, certificados do Tesouro e outras responsabilidades do Tesouro.

 

Os valores apresentados são baseados em posições em fim de período avaliadas pelo valor nominal, excluindo juros corridos. Salvo indicação em contrário, é apresentada para cada setor a dívida numa ótica não consolidada, isto é, não são anuladas posições de dívida entre entidades do mesmo setor (por exemplo, se uma empresa conceder créditos comerciais a outra empresa, estes são incluídos na dívida total das empresas).

 

A informação é disponibilizada com detalhe de setores institucionais devedor e financiador, tipo de instrumento financeiro, prazo original e, no caso das empresas, por ramo de atividade económica e classes de dimensão.

 

Os setores institucionais que estão incluídos nesta informação são as sociedades não financeiras, as administrações públicas e os particulares (incluindo estes últimos as famílias, os empresários em nome individual e as instituições sem fins lucrativos ao serviço das famílias). Estes setores institucionais são os que se encontram definidos no Sistema Europeu de Contas Nacionais e Regionais. Adicionalmente apresenta-se informação para as empresas públicas incluídas nas administrações públicas, para as empresas públicas não incluídas nas administrações públicas e para o setor público não financeiro.

Métodos e fontes utilizadas na produção das estatísticas

As fontes de informação utilizadas são, maioritariamente internas, isto é, outras operações estatísticas da responsabilidade do Banco de Portugal, nomeadamente as estatísticas monetárias e financeiras, as estatísticas da balança de pagamentos e da posição de investimento internacional, as contas financeiras, as estatísticas das administrações públicas, as estatísticas de títulos, bem como informação obtida a partir da exploração da central de balanços e da central de responsabilidades de crédito. As fontes internas têm uma periodicidade mensal ou trimestral e a sua utilização permite garantir um elevado grau de coerência na elaboração das estatísticas de endividamento do setor não financeiro.

Utilidade

 

Periodicidade

Mensal após junho de 2011 (trimestral até esta data). As séries apresentadas em percentagem do PIB ou do rendimento disponível têm periodicidade trimestral.

Pontualidade

Os dados são divulgados ao 15º dia útil do mês seguinte ao mês de referência.

Política de revisões

A informação é revista numa base mensal e incorpora todas as revisões introduzidas nas estatísticas de base.

Acessibilidade

 

Calendário de disseminação aos vários utilizadores

O Banco de Portugal disponibiliza um calendário de divulgação das estatísticas no seu sítio na internet (https://www.bportugal.pt/).

A informação estatística é difundida no sítio do Banco de Portugal na internet (https://www.bportugal.pt/) simultaneamente para todos os utilizadores.

Formatos de disseminação

As estatísticas de endividamento do setor não financeiro estão disponíveis através do BPstat Estatísticas online do Banco de Portugal.

 

Esta informação está também disponível, mensalmente, no “Boletim Estatístico” do Banco de Portugal, em formato PDF na internet (https://www.bportugal.pt/). No caso do “Boletim Estatístico”, existe ainda uma versão em CD-ROM. A partir das versões eletrónicas existe a possibilidade de download dos ficheiros em formato CSV com os dados e correspondente metainformação.

Contactos

Telefone:  + 351 21 3130320

Fax:         + 351 21 3128477

E-mail:      distat@bportugal.pt

 

Atualizado em 2014/10/20