• A
    • A
    • A
  • RSS
  • English
  • Glossário
  • Links
  • Contactos

Menu de contexto

Cooperação

A cooperação com outros bancos centrais é uma vertente importante da atividade internacional do Banco de Portugal.

As ações de cooperação estão relacionadas com as necessidades e os desafios de desenvolvimento, modernização e consolidação das instituições parceiras, sobretudo bancos centrais dos países de língua portuguesa, mas também de outros países emergentes e em desenvolvimento.

As ações de cooperação podem assumir diversos formatos: assistência técnica, encontros, projetos multilaterais, cursos, seminários, visitas de trabalho, estágios e bolsas de estudo.  

Um segundo eixo da cooperação desenvolvida pelo Banco de Portugal engloba atividades de acompanhamento ou envolvimento macroeconómico. Neste contexto, destaca-se a participação nas estruturas responsáveis pelo bom funcionamento do Acordo de Cooperação Cambial entre Portugal e Cabo Verde e do Acordo de Cooperação Económica entre Portugal e São Tomé e Príncipe, assim com a elaboração de diversas publicações técnicas:

  • Evolução das Economias dos PALOP e de Timor-Leste, que analisa a conjuntura económica destes países e as suas relações económicas e financeiras com Portugal;
  • #Lusofonia, com indicadores socioeconómicos e financeiros, agregados e individuais, dos oito países lusófonos;
  • Cadernos de Cooperação, onde se apresenta uma síntese económica e estatística dos PALOP e de Timor-Leste, uma súmula das ações de cooperação e artigos sobre temas relevantes da agenda internacional.

Plano de Cooperação - 2016

Em 2016, está prevista a participação do Banco de Portugal em 103 ações de cooperação, 90 das quais com os bancos centrais dos países de Língua Portuguesa. Estas ações incluem encontros, projetos multilaterais, assistência técnica, cursos e seminários, visitas de trabalho, estágios e bolsas de estudo para pós-graduações em Portugal (no quadro em anexo apresenta-se uma súmula das ações multilaterais previstas com os países de Língua Portuguesa).

Para além do Encontro de Lisboa e do Encontro de Governadores estão previstos outros, nas áreas de auditoria, gestão de risco e compliance, contabilidade, continuidade do negócio, emissão e tesouraria, estatísticas, juristas, sistemas de pagamentos, sistemas e tecnologias de informação e supervisão.

Fora do âmbito dos países de Língua Portuguesa, de destacar a realização, em Lisboa, da CI Reunião de Governadores do CEMLA, precedida do II Fórum de Informação Financeira do CEMLA. 

Em 2015, o Banco de Portugal participou em 106 ações de cooperação, 74 das quais com os bancos centrais dos países de Língua Portuguesa. No balanço de 2015, de salientar as comemorações dos 25 anos da prática estruturada de cooperação, efeméride assinalada através de diversas iniciativas, com destaque para um conjunto alargado de publicações e culminando no XXV Encontro de Lisboa.  


Gráfico 1. Número de ações de cooperação com os países de Língua Portuguesa















Gráfico 2. Número de ações de cooperação com outros países emergentes e em desenvolvimento

Informação Relacionada